Pular para o conteúdo principal

O “Estilo dos Cinco Animais”: Choy Lay Fut


O Choy Lay Fut é um dos estilos de Kung Fu mais conhecidos e praticados no mundo. Ficou amplamente conhecido por sua praticidade e efetividade em combates. Essa fama foi conquistada nas primeiras décadas de vida deste estilo, pois a China passava por diversas batalhas internas e os praticantes de Choy Lay Fut precisaram colocar em prática as suas técnicas.

O Choy Lay Fut foi criado e desenvolvido pelo grande mestre Chan Heung em 1836. Chan Heung teve três mestres, ou seja, aprendeu três estilos diferentes de Kung Fu antes de desenvolver o seu próprio estilo. Durante o século XIX, a China passou por diversos conflitos internos, quando muitos mestres de Kung Fu foram caçados e mortos pelos governantes da Dinastia Qing. Logo, Chan Heung somou todo o seu aprendizado e suas experiências para desenvolver um estilo totalmente voltado ao combate. Ou seja, o Choy Lay Fut foi criado para a guerra, exatamente quando podemos lutar contra um ou mais oponentes.

Uma das características do Choy Lay Fut é, justamente, a praticidade de transformar qualquer movimento em ataque ou em bloqueio. Facilitando, assim, os movimentos dos praticantes em combates com muitos adversários ou em lutas em becos e em lugares com pouco espaço. As sequências de movimentos que constantemente mudam de direção nas formas (katis) de Choy Lay Fut comprovam a ideia de estarmos lutando sempre com diversos oponentes.

O Choy Lay Fut possui golpes bem característicos. Dentre os principais golpes, podemos destacar cinco técnicas que, de certa forma, definem o Choy Lay Fut. As técnicas de tigre (Fu), pantera (Pow), dragão (Lung), serpente (Sey) e garça (Hok) fazem o Choy Lay Fut ser conhecido como o “Estilo dos Cinco Animais”. Existe o estilo do tigre, existe o estilo da garça, existe o estilo da serpente, existem diversos estilos de Kung Fu baseados em animais. Entre todos os estilos imitativos, poucos concentram as técnicas de vários animais como Choy Lay Fut. Em quase todas as formas de Choy Lay Fut podemos encontrar as técnicas dos cinco animais que se repetem frequentemente.

Vamos analisar brevemente os cinco animais do Choy Lay Fut:
  • Podemos ver que os movimentos de dragão são “poderosos”, robustos e de curta distancia em um combate corpo a corpo. Também, há técnicas de dragão usando armas no Choy Lay Fut (bastão e lança, por exemplo) e essas técnicas são de longa distância em um combate. Os dragões são animais chineses míticos, fortes, possuem um espírito de luta invencível e são sinônimos de sabedoria. Seja com armas ou com as mãos livres, não é fácil representar o “poder” de um dragão em uma técnica, mas, quando bem aplicadas, as técnicas de dragão podem acabar com a luta.
  • Já os ataques e bloqueios de serpente são velozes e precisos. Os ataques sempre miram os pontos vitais ou pontos de pressão do oponente, atacando com as pontas dos dedos. As serpentes são animais flexíveis, ágeis e precisas quando estão em combate, logo, tentamos copiar estas características quando executamos técnicas de serpente no Choy Lay Fut.
  • O tigre é conhecido por sua força física, coragem, poder, ferocidade, mente alerta, ataque rápido, controlando e derrotando a sua presa. As técnicas de tigre seguem estes mesmos princípios, agarrando, golpeando ou rasgando o oponente. Arranhar o rosto, agarrar membros ou pescoço, golpear com a palma antes que os dedos pressionem o alvo, todos esses detalhes fazem da “garra de tigre” uma técnica tão feroz quanto o próprio animal.
  • Ágil e agressivo o “punho da pantera” é uma técnica bem característica do Choy Lay Fut! Os ataques são rápidos e, muitas vezes, em sequência, além de sempre mirarem pontos vitais ou de pressão do corpo do oponente. As técnicas de pantera exigem certa coordenação, força e resistência nos punhos do praticante. Ser preciso, feroz, forte, ágil, versátil e discreto como uma pantera de verdade, essa é a intenção dos lutadores ao imitar esse animal.
  • A garça é conhecida pela longevidade, paciência, equilíbrio, foco, concentração, além de ser um símbolo de boa sorte. Mesmo sendo um animal aparentemente dócil e frágil, a garça também é ágil, habilidosa, precisa e feroz ao atacar sua presa. As técnicas de garça do Choy Lay Fut também são rápidas e precisas para golpear os pontos vitais e de pressão do oponente. Os movimentos amplos, circulares, leves e sutis das técnicas de garça surpreendem o oponente com golpes explosivos que podem nocautear. Leia o nosso artigo sobre as técnicas de garça CLICANDO AQUI.

Como podemos ver nos parágrafos anteriores, as técnicas dos “Cinco Animais” do Choy Lay Fut são poderosas, práticas e efetivas em combate, assim como, os próprios animais contra as suas presas. Logicamente, saber a técnica não lhe transformará em um lutador invencível. É preciso treinar muito, praticar com parceiros, saber usar as pernas, as posturas, o quadril, o tronco juntamente com as técnicas dos animais para que os movimentos tenham efetividade real. Treinar o corpo todo é fundamental e muito importante no Choy Lay Fut.

Chan Heung praticou, estudou, testou e concluiu que as técnicas de garça, pantera, tigre, serpente e dragão são, realmente, efetivas e poderosas. Logo, ele não teve dúvidas em incluir estas técnicas em seu próprio estilo de Kung Fu. E, assim, o Choy Lay Fut ficou conhecido como o “Estilo dos Cinco Animais”.

Há técnicas de outros animais diferentes no Choy Lay Fut, mas isto é assunto para outro artigo. Espero que este artigo tenha lhe ajudado de alguma forma. Deixe seu comentário, dica, sugestão ou opinião nos comentários abaixo.

Comentários

  1. MORO EM BELÉM DO PARÁ
    AQUI TEM ALGUMA ESCOLA
    DESDE ESTILO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei lhe responder. Não conheço nenhum professor de Kung Fu da sua região.

      Excluir

Postar um comentário

Artigos mais lidos:

A História dos 8 Katis do Choy Lay Fut

Acredito que você já saiba que o estilo de Kung Fu chamado Choy Lay Fut foi criado pelo mestre Chan Heung em 1836 em sua terra natal, Xinhui, no sul da China.  Então, neste artigo não entrarei no mérito de narrar a história de Chan Heung e nem como o Choy Lay Fut evoluiu e se expandiu daquela época para os dias atuais.  Focarei em um fato histórico em particular que está relacionado a alguns dos principais katis ensinados naquela época.  Lembrando que o assunto deste artigo foi um dos mais pedidos pelos leitores do blog e, em breve, postarei artigos sobre os outros assuntos solicitados por vocês na nossa última enquete.  Voltando ao assunto...  Nas décadas seguintes à criação do Choy Lay Fut, a China, governada pela Dinastia Qing, enfrentou diversas guerras e conflitos internos.  Vários grupos rebeldes lutaram contra os exércitos do imperador e muitos mestres de Kung Fu faziam parte destes grupos rebeldes.  A Dinastia Qing por décadas perseguiu e assassinou diversos mestres e praticant

Livros do Grão Mestre Lee Koon Hung

Quem pratica Kung Fu, principalmente o estilo Choy Lay Fut, já ouviu falar ou conhece o grão mestre Lee Koon Hung. Este grande mestre foi um dos principais nomes do estilo dos cinco animais nas Américas. Infelizmente, o grão mestre Lee Koon Hung faleceu ainda jovem em 1996, com 40 anos de idade. Felizmente, os ensinamentos do grão mestre Lee Koon Hung seguem vivos até hoje graças aos seus livros e seus discípulos. E eu gostaria de dividir com você um pouco do conhecimento do grão mestre Lee Koon Hung. Quero compartilhar dois livros que estão totalmente disponíveis online para quem quiser ler. Em um dos livros, o grão mestre ensina, passo a passo, um kati (forma) de lança do Choy Lay Fut. No outro livro, ele explica e exemplifica diversas técnicas de mãos livres do Choy Lay Fut. Se você é um praticante do estilo Choy Lay Fut de Kung Fu, esses dois livros serão de muito valor técnico para você. Caso você pratique outro estilo de Kung Fu e esteja c

Comecei a Treinar – Minha História no Kung Fu Parte 1

*Este artigo foi escrito em 2017. Lembro-me perfeitamente da minha primeira aula de Kung Fu. Na verdade, era uma aula experimental. Sábado, 10 de Janeiro de 1997, após o expediente da academia localizada no centro da cidade de Campinas-SP, fiz a minha primeira aula com um dos donos da academia. A aula foi uma mistura de técnicas de Choy Lay Fut com exercícios lúdicos. Lógico que eu adorei a aula, a empolgação foi tanta que nem percebi que a minha mãe estava me assistindo sentada no cantinho da sala após ter treinado. A sala de treino era forrada por carpete, ou seja, não tinha tatame. Treinávamos de sapatilha, a sala era no último andar do prédio de dois andares. No térreo, encontrava-se uma loja de artigos religiosos e no primeiro andar ficavam os vestiários, a secretaria e a sala de reunião dos professores. Da pequena porta na calçada até a sala de treino, havia uma grande escada que, por muitas vezes, os professores e instrutores colocavam os alunos para subir e descer correndo. Vel

A Minha Árvore Genealógica do Choy Lay Fut

Após muitas pesquisas e estudo, tracei uma árvore genealógica do Choy Lay Fut. Eu estudei a origem do Choy Lay Fut seguindo a minha família e a minha linhagem. Então, caso você pertença a outra família ou a outra linhagem de Choy Lay Fut, pode ser que você não encontre os seus mestres neste artigo. Dependendo da tradução, você poderá encontrar outras formas de escrever o nome “Choy Lay Fut”, assim como, outros nomes chineses dos antigos mestres citados na árvore genealógica abaixo. Abaixo, você confere a minha árvore genealógica do Choy Lay Fut: Achou confusa essa árvore genealógica? Sem estresse, em breve farei um artigo mais detalhado, com mais informações, além de nomes. Caso você tenha alguma dúvida ou sugestão, coloque nos comentários abaixo. Estou disposto a conversar e trocar informações.