Sanda no MMA com o Lutador José Lucas



As modalidades de combate das artes marciais estão em alta na atualidade e tudo graças ao MMA. O MMA (Mixed Martial Arts) está cada vez mais em exposição nas mídias, com isso, muitas pessoas estão procurando e conhecendo as diversas artes marciais. Logo, o Kung Fu também está se beneficiando com essa onda, mais precisamente o Sanda que é a modalidade de combate desportivo do Kung Fu. Caso você não saiba o que é Sanda, também conhecido como Sanshou ou Boxe Chinês, CLIQUE AQUI e veja o artigo especial que fiz sobre esta modalidade.

Há vários lutadores de MMA que praticaram ou ainda praticam Kung Fu, mais precisamente o Sanda. É muito comum escutarmos pessoas falando que não tem Kung Fu no MMA, que não tem lutadores de Kung Fu no MMA, etc, etc, etc... Porém, essas mesmas pessoas imaginam o Kung Fu com golpes mirabolantes, acrobáticos, cinematográficos. Realmente, esse tipo de Kung Fu não existe no MMA, só em filmes mesmo! Para falarmos de Kung Fu no MMA, temos que falar de Sanda. O Sanda é a modalidade do Kung Fu onde os praticantes treinam socos, chutes e projeções, ou seja, o combate corpo a corpo propriamente dito. Grosso modo, sem falarmos de regras, a diferença do Sanda para o MMA é que no Sanda não existe a luta de solo, ou seja, o Jiu Jitsu.

Nada impede que um lutador de Sanda pratique Jiu Jitsu e comece a se aventurar no MMA. Lutadores como os russos Muslim Salikhov e Zabit Magomedsharipov, os norte americanos Alex Caceres e Roy Nelson, as brasileiras Bethe Correia e Bruna Ellen, entre outros nomes conhecidos, são oriundos do Kung Fu. Há vários lutadores que atuam no cenário nacional de MMA que também começaram a praticar artes marciais através do Kung Fu. Mas antes de trilhar esse caminho, é necessário que o praticante de Sanda conheça as regras do MMA, aprenda a lutar no solo, aprenda as “malícias” das artes marciais mistas, pois o MMA não deixa de ser outra modalidade de combate. E nada melhor do que pegar umas dicas com quem já passou por essa experiência, já subiu no octógono e sentiu na pele as diferenças entre o Sanda e o MMA. Conversei brevemente com alguns lutadores de Sanda que também lutam MMA e eles me disseram como foi essa transição, além de dar algumas dicas para quem tiver interesse em subir no octógono algum dia.

Confira abaixo a conversa que tive com o lutador José Lucas:

Nome: José Lucas
Começou a treinar Sanda em: Novembro de 2012
Principais títulos no Sanda: Tetra-Campeão Paulista e um vice. Bi-Campeão Brasileiro e duas vezes 3º lugar. Vice-Campeão da Copa Sul-Americana.
Começou a treinar MMA em: Outubro de 2015
Cartel no MMA: 5 vitorias/ 0 empates/ 3 derrotas

ES Kung Fu: Porque você começou a praticar o Kung Fu? Quando você começou a competir? Conte um pouco da sua trajetória, da sua história, dentro do Kung Fu.
José Lucas: Bom, eu comecei nas artes marciais dentro de um projeto de Jiu Jitsu e, através desse projeto, eu conheci a Academia Ching-Wu Wushu a qual represento hoje. Então, fechei a matrícula na academia pra treinar Jiu Jitsu e com um mês, também comecei a treinar o Sanda, e logo que comecei já falei pro professor Fabio Assis que eu queria lutar, mas era fim de ano, então não tinha mais competições que eu poderia ir. Aí, no ano seguinte, disputei a primeira seletiva paulista organizada pela FPKF e fiquei em terceiro lugar na categoria 75kg iniciante. Daí pra frente, pude conquistar alguns títulos e, sempre treinando o Sanda e Jiu Jitsu, porque eu já pretendia um dia migrar para o MMA. 

ES Kung Fu: Em que momento você pensou que poderia ser um lutador MMA? Você já tinha a intenção de lutar MMA quando começou no Kung Fu?
José Lucas: Sim, desde quando comecei a treinar o Sanda, eu já queria lutar no MMA, mas sabia que deveria esperar um pouco e conquistar alguns títulos na modalidade, me especializar mais no Sanda e, para isso, nada melhor que muita competição.

ES Kung Fu: Quais foram as dificuldades de migrar do Sanda para o MMA?
José Lucas: Olha, se você for analisar bem, não tem muita dificuldade, porque no Sanda já tem as projeções e, como eu já treinava Jiu Jitsu desde quando comecei a treinar Sanda, então eu consegui me virar no chão também. Mas, se caso ainda não treine o Jiu Jitsu, é melhor fazer os dois pra não ficar muito perdido no chão. E, tem o tempo que também é diferente, pois no Sanda são dois rounds de 2 minutos podendo haver um terceiro e no MMA são três rounds de 5 minutos, mas com muito treino você não sente tanto a diferença.

ES Kung Fu: Em uma luta oficial, quais as diferenças entre lutar Sanda e lutar MMA? 
José Lucas: A diferença é o chão. No MMA, continua a luta, no Sanda não. E o gás pra luta que você precisa saber administrar bem, porque é um tempo maior no MMA do que no Sanda. A luva menor também faz com que a mão pareça mais dura, tem algumas regras no MMA que se pode fazer e no Sanda não, como o pisão no joelho, cotovelada, joelhada, algumas quedas são permitidas no MMA e no Sanda não, o suplex é uma. Além da grade que você usa como ajuda no MMA e no Sanda o Lei Tai é aberto, sem corda e sem grade.

ES Kung Fu: Você acha que treinar Sanda e Jiu Jitsu é o suficiente para começar no MMA? Ou o lutador também precisa treinar outras artes marciais para poder migrar para o MMA?
José Lucas: Sim, é o suficiente, pois os dois têm projeções e não tem outra arte marcial que continue no chão como o Jiu Jitsu continua, e a parte em pé do Sanda é muito eficiente. Aí, você junta essas duas modalidades e elas se casam muito bem.

ES Kung Fu: Que dicas você daria para um lutador de Sanda que sonha em lutar MMA?
José Lucas: Treinar uma arte marcial de solo, porque será muito eficaz e não parar com os treinos de Sanda, porque isso será o diferencial.

ES Kung Fu: José Lucas, muito obrigado pela entrevista, foi uma honra contar com a sua participação aqui no blog! Que você tenha muito sucesso na sua jornada! Agora, para os leitores que quiserem saber mais sobre o seu trabalho, conhecer mais sobre você, como eles podem entrar em contato, aonde eles podem te encontrar?
José Lucas: Tenho uma página no Facebook, no Instagram, tem meu email: jose.fera29@gmail.com. É só entrar em contato que terei o prazer de responder.

Comentários

Veja Também:

Equipamentos de Proteção: Porque e Como Manter a Identidade Visual do Sanda

Por que você não pratica Kung Fu?

Diferenças entre o Shuai Jiao da China e do Brasil

Entre em contato!


ATENÇÃO! Por favor, preencha todos os campos abaixo.

Seu Nome:

Seu E-mail:

Sua Mensagem: